Desafios e reflexões sobre a prática educativa transformadora em tempos de pandemia da Covid-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26568/2359-2087.2022.6579

Palavras-chave:

Pedagogia Histórico-crítica, Educação, Covid-19.

Resumo

Neste texto discute-se sobre a educação básica em tempos de pandemia, sobretudo a partir da perspectiva de adoção da modalidade do ensino remoto emergencial no Brasil. Tratou-se o tema com o objetivo de compreender como as estratégias adotadas pelo Estado ao longo do ano de 2020 representam uma ameaça a educação básica, pois com a implementação do ensino remoto como alternativa para práticas educativas, em meio a necessidade de distanciamento social, trouxe à tona a possibilidade do avanço de um projeto neoliberal já em curso: a educação a distância. Frente a este cenário de precarização do ensino e dos perigos que se avizinham, discute-se sobre a importância da prática educativa transformadora na perspectiva da Pedagogia histórico-crítica, como possibilidade de enfrentamento a agenda neoliberal e a pedagogia da hegemonia.

 

Biografia do Autor

Thaiana Netto Baptista, Programa de Pós- Graduação em Educação da Universidade Federal do Oeste do Pará

Mestranda do Programa de Pós- Graduação em Educação da Universidade Federal do Oeste do Pará. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas “História, Sociedade e Educação no Brasil –HISTEDBR/UFOPA”.

Maria Lília Imbiriba Sousa Colares, Programa de Pós- Graduação em Educação da Universidade Federal do Oeste do Pará

Doutora e Pós-doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas –UNICAMP. Docente do curso de Pedagogia, do Programa de Pós-graduação em Educação, PPGE/UFOPAe do Programa de Pós-graduação em Educação da Amazônia. Coordenadora Adjunta do Grupo de Estudos e Pesquisas “História, Sociedade e Educação no Brasil –HISTEDBR/UFOPA”.

Olivia Morais de Medeiros Neta, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional.

Professora no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande no Norte e no Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte

Referências

ANTÓNIO M. J.; SCHLEMMER, E. Por um novo conceito e paradigma de educação digital online. Revista UFG, v. 20, n. 26, 13 maio 2020. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/ revistaufg/article/view/63438. Acesso em: 4 jun. 2020.

ARRUDA, E. P. Educação Remota Emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de COVID-19. Em Rede – Revista de Educação a Distância, v. 7, n. 1, 2020. p. 257-275.

AZEVEDO, J. L. de. A educação como política pública. 3. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2004.

BEGO, Amadeu Moura. Políticas públicas e formação de professores sob a perspectiva da racionalidade comunicativa: da ingerência tecnocrata à construção da autonomia profissional. Educação & Formação, v. 1, n. 2, p. 3-24, 2016.

BERTOLDO, E.; SANTOS, M. Trabalho docente e lutas de classes. In: Bertoldo, E. ; Accioly, L.; Jimenez, S. Trabalho, educação e formação humana frente às necessidades históricas da revolução. São Paulo: Instituto Lukács, 2012.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: Presidência da República, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Decreto nº 9.057/ 2017. Brasília, 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 188, de 3 de fevereiro de 2020. Declara Emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo coronavírus (2019-nCoV). Diário Oficial da União: seção 1 – extra, Brasília, DF, ano 157, n. 24-A, p. 1, 4 fev. 2020. 2020a.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 356, de 11 de março de 2020. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 157, n. 49, p. 185, 12 mar. 2020b.

COLARES, A. A.; GOMES, M. A. de O.; COLARES, M. L. I. S. Educação escolar e trabalho: desmistificando sua propalada integração. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 14, n. 57, p. 165–179, 2014. DOI: 10.20396/rho.v14i57.8640410.

DIÓGENES, E. M. N. Políticas públicas de educação: concepções e pesquisas. Fortaleza. Edições UFC, 2014, p.173.

FONSECA, A. D. O neoliberalismo no Ensino Superior: “sobrevivendo nas ruínas. Revista Educação e Emancipação, São Luís, v. 12, n. 3, set./dez. 2019.

HERDADE, L. Todos pela educação? Classe dominante, poder e hegemonia em tempos de pandemia. In: LAMOSA, R. (org.) Classe dominante e educação em tempos de pandemia: uma tragédia anunciada. Editora Terra sem Amos: Parnaíba, 2020.

LAMOSA, R. As frentes de ação da classe dominante na educação: entre o todos pela educação e a ideologia escola sem partido. In: LAMOSA, R.(org.) Classe dominante e educação em tempos de pandemia: uma tragédia anunciada. Editora Terra sem Amos: Parnaíba, 2020.

LIMA, M. R. A pedagogia histórico-crítica e a atualidade do trabalho como princípio educativo: apontamentos para a prática revolucionária na educação popular. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 16, n. 67, p. 53–67, 2016.

LUKÁCS, G. Para uma ontologia do ser social II. São Paulo. Boitempo. 2013

MARX, K. Crítica da filosofia do direito de Hegel. São Paulo: Boitempo, 2010.

MÉSZÁROS, I. Para além do capital. São Paulo. Boitempo, 2002.

OLIVEIRA, G; MOTA, J. Q; BRAGA, D. S. Desafios em tempos de pandemia: reflexões da professora Gabrielle Oliveira sobre educação e desigualdades. Revista Docência do Ensino Superior, Belo Horizonte, v. 10, p. 1–10, 2020.

ORSO, P. Jé. O novo coronavírus, a pedagogia histórico-crítica, a sociedade de classes e o internacionalismo proletário. Revista Exitus, v. 10, p. e020048-e020048, 2020. DOI: https://doi.org/10.24065/2237-9460.2020v10n1ID1432

PALUDO, E. F. Os desafios da docência em tempos de pandemia. Em Tese, Florianópolis, v. 17, n. 2, p. 44-53, jul/dez., 2020. Universidade Federal de Santa Catarina.

SANTANA FILHO, M. M. D. Educação geográfica, docência e o contexto da pandemia Covid-19. Revista Tamoios, v. 16, n. 1, 2020, p. 3-15.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 11. ed. rev. Campinas/SP, 2012.

SAVIANI, D. A pedagogia histórico-crítica, as lutas de classe e a

educação escolar. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 5, n. 2, p. 25-46, dez. 2013. https://portalseer.ufba.br/index.php/revistagerminal/article/view/9697/7085

SAVIANI, D. Pedagogia Histórico-crítica, quadragésimo ano. Novas aproximações. Campinas: Autores Associados, 2019.

SHIROMA, E. O.; MORAES, M. C. M. de; EVANGELISTA, O. Política Educacional. Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

SILVA, I. P. da; BRAZÃO, J. P. G.; HECKLER, V. Apresentação - Dossiê políticas educacionais, cultura e currículo: alternativas teórico-metodológicas para um cenário pós-pandemia. EDUCA – Revista Multidisciplinar em Educação, Porto Velho, v. 08, p. 01-06, jan./dez., 2021.

SIQUEIRA, P. H. D. A Fundação Lemann: uma análise sobre sua

atuação na Pandemia da COVID-19. In: LAMOSA, R. (org.) Classe dominante e educação em tempos de pandemia: uma tragédia anunciada. Editora Terra sem Amos: Parnaíba, 2020.

SOARES, L. de V.; COLARES, M. L. I. S. Avaliação educacional ou política de resultados?. Educação & Formação, v. 5, n. 3, p. e2951, 27 maio 2020. Acesso em: 20.01.2021.

SOARES, L. de V.; COLARES, M. L. I. S. HORA, D. L. Ensinar na pandemia: dilemas atuais da docência. Revista Educação Básica em Foco, v.1, n1, abril a junho de 2020 . https://educacaobasicaemfoco.net.br/01/Artigos.html. Acesso em 20.01.2021.

SOARES, S.B.V. Coronavírus e a modernização conservadora da educação. In: SOARES et al. Coronavírus, educação e luta de classes no Brasil. 1. ed. Brasil: Terra Sem Amos, 2020, v. I, p. 5-14.

UNESCO – UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION. Impactos da COVID-19 na Educação. 2020. Disponível

em: https://pt.unesco.org/covid19/educationresponse.

Downloads

Publicado

23/01/2022

Como Citar

BAPTISTA, T. N.; COLARES, M. L. I. S.; MEDEIROS NETA, O. M. de. Desafios e reflexões sobre a prática educativa transformadora em tempos de pandemia da Covid-19. EDUCA - Revista Multidisciplinar em Educação, [S. l.], v. 9, p. 1–20, 2022. DOI: 10.26568/2359-2087.2022.6579. Disponível em: https://periodicos.unir.br/index.php/EDUCA/article/view/6579. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático