Fundação Universidade Federal de Rondônia - UNIR, em breve, disponibilizará todas as Revistas Científicas, Cadernos Acadêmicos e Anais de Eventos pelo Sistema Public Knowledge Project (Open Journal Systems) da British Columbia University, que foi traduzido e customizado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICTe adotado, no Brasil, com o nome de Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER).

O Sistema Eletrônico foi desenvolvido para construir e gerenciar a editoração de periódicos científicos e auxiliar as ações essenciais para a automação das atividades editoriais. AEditora da Universidade Federal de Rondônia - EDUFROé o órgão responsável por incentivar e orientar a criação e migração dos periódicos científicos institucionais para a plataforma eletrônica de editoração.

 

Revistas

  • Amazonic Journal of Nanosciences, Nanotechnology and Natural Sciences

    AJNNNS é um periódico multidisciplinar revisado por pares que contempla a pesquisa fundamental e aplicada em todas as disciplinas ciências naturais tais como Física, Biologia e Química, e ciências aplicadas engenharias, medicinas entre outras. AJNNNS publica trabalhos originais todos os aspectos da ciência e tecnologia em nanoescala lidando com síntese de materiais, processamento, nanofabricação, nanossondas, espectroscopias, propriedades, sistemas biológicos, nanoestruturas, teoria e computação aplicada à modelagem de nanoescalas, nanoeletrônica, nano-óptica, nano-mecânica, nanodispositivos, nanobiotecnologia, nanomedicina, nanotoxicologia  entre outras.

    Visão:

    Publicar resultados de pesquisas em nanociências, nanotecnologias e ciências naturais. 

    Missão:

    Apoiar e fornecer a plataforma aos autores para publicações de alta qualidade com foco em pesquisa e desenvolvimento no campo da das nanociências e nanotecnologia desenvolvida aqui na região Amazônica especificamente e em todo o mundo. A revista também tem o compromisso de contribuir com a educação em todos os níveis da sociedade, estabelecendo uma interface efetiva entre os pesquisadores com uma política de acesso aberto.

    Alcance:

    Divulgar os resultados pesquisas gerados na região amazônica continental nestas áreas pré-definidas.

  • Afros & Amazônicos

    Afros & Amazônicos é uma revista online semestral de acesso livre mantida pelo Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares Afro e Amazônicos (GEPIAA) e vinculada ao Programa de Pós-Graduação em História da Amazônia (PPGHAm) e ao Programa de Pós-Graduação de Direitos Humanos e Exercício da Justiça (DHJUS) da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). A revista tem como missão publicar gratuitamente artigos científicos originais em História e áreas afins. Como um espaço de discussão e divulgação de pesquisa, também acolhe resenhas e outras formas de representações sociais, culturais, étnicas e históricas. Os artigos devem ser assinados por doutores ou mestres. Excepcionalmente, também aceita artigos de mestrandos, desde que sejam assinados em conjunto com alguém titulado. No caso de resenha ou de documentos históricos (outras formas de representações sociais, culturais, étnicas e históricas), não há titulação mínima exigida.

    Objetivos do periódico:

    1. Publicar estudos científicos em História e áreas afins sobre as populações afro-amazônicas em relação ao seu desenvolvimento, etnicidade, territorialidade, sustentabilidade, educação, saúde e cultura;
    2. Publicar estudos científicos em História e áreas afins sobre os povos indígenas na Amazônia a partir de uma perspectiva interdisciplinar valorizando a oralidade e a etnografia como categorias de fontes históricas privilegiadas para a discussão da história indígena;
    3. Disponibilizar um espaço social para o debate histórico-científico sobre questões de dominação e resistência, racismo, gênero, cotas sociais, etnicidade, territorialidade, cultura, educação, diversidade, religiosidades e religiões no espaço amazônico;
    4. Colecionar e publicar documentos históricos (diversas formas de representações sociais, culturais, étnicas e históricas) referentes às populações amazônicas;


  • Anais da Semana de Matemática e Estatística

    O Departamento de Matemática e Estatística da Universidade Federal de Rondônia - UNIR, Campus de Ji-Paraná, realiza desde o ano de 2001 uma semana de discussões com intuito de divulgar a comunidade os trabalhos científicos desenvolvidos por pesquisadores da UNIR e de outras instituições na área de exatas e de seu ensino, tendo como objetivo principal contribuir com a formação de seus acadêmicos, a formação continuada da comunidade e o desenvolvimento dessa área de conhecimento.

     

  • Anais do Congresso de Epistemologia Genética da Região Amazônica

     

    ISSN 2237- 8561

     

    A CEGRA é a revista em que publicamos os ANAIS do Congresso de Epistemologia Genética da Região Amazônica, tem por finalidade expor os textos à comunidade científica das Conferências e Comunicações apresentadas durante cada edição do Congresso. O Volume e número da revista corresponde a cada edição do congresso, assim o Volume 1 Número 1 refere-se à primeira edição do Congresso e, assim, sucessivamente.

     

     

  • Amazônidas- Revista Científica de Produção Intercultural Transnacional

    Amazônidas é um periódico da Fundação Universidade Federal de Rondônia produzido pelo DLV – Departamento de Línguas Vernáculas, Coordenação do Mestrado em Estudos Linguísticos/MEL, e visa a publicação de textos e artigos originais dedicados a temáticas culturais produzidos por docentes e/ou discentes dos programas de pós-graduação de universidades da região amazônica do Brasil e países amazônicos.

    Dividida em sessões, apresenta: a) Produção Acadêmico-Científica - Artigos científicos, Ensaios Acadêmicos, Resenhas Críticas, Notas sobre Livros; b) Produção Acadêmico-Jornalística - Reportagens e entrevistas; c) Produção de Textos de Criação - Poemas, contos, crônicas.

    A Revista Amazônidas tem por objetivo produzir ciência de alto nível nas áreas das ciências humanas e demais áreas do conhecimento humano que tenham interesse voltado para a Amazônia; Colaborar com instituições de ensino superior que tenham interesse na produção científica voltada para temas relacionados com a cultura da Amazônia; Compartilhar, divulgar e cooperar com a produção científica de interesse na Amazônia em instituições de ensino superior dos demais países que formam a Amazônia; Concorrer para a realização de eventos internacionais entre países que constituem a Amazônia, como forma de aproximação e respeito mútuo à cultura amazônida transnacional.

    Amazônidas, lexia que dá título à revista, sintetiza o que entendemos por cultura nativa amazônica, caracterizada por sua pluralidade, com suas matrizes e matizes.

  • Culturas & Fronteiras

     

    ISSN 2675-1011 

    DOI  https://doi.org/10.29327/211038


    A revista Culturas & Fronteiras é um periódico vinculado ao Grupo de Estudos Interdisciplinares das Fronteiras Amazônicas (GEIFA), do Departamento de Ciências da Educação (DACE) do Campus de Guajará-Mirim da Fundação Universidade federal de Rondônia (UNIR).

    É aberta a comunidade acadêmica que desenvolve pesquisa sobre Currículo, Ensino, Políticas, Públicas, Linguagens, História, Literatura, Formação docente e Espaços Escolares em áreas de fronteira internacional.Seu principal objetivo é divulgar as pesquisas realizadas na Amazônia Transfronteiriça, com intuito de aproximar pesquisadores e criar um rede para socialização de informações e de práticas educativas vividas nesses espaços, contribuindo para o empoderamento científico e o fortalecimento da pesquisa na Amazônia. Nosso interesse é o de divulgar artigos, resenhas, dissertações e teses que contribuam para a reflexão e o debate acadêmico interdisciplinar sobre os estudos amazônicos.

     

    Editora Chefe

     Zuila Guimarães Cova dos Santos - UNIR/GM

     Editora Adjunta

    Auxiliadora dos Santos Pinto - UNIR/GM

     

  • Clareira - Revista de Filosofia da Região Amazônica

    Clareira - Revista de Filosofia da Região Amazônica

    Clareira é a revista de filosofia da Região Amazônica. Os seus editores são acadêmicos com ampla variedade de interesses intelectuais, empenhados em fomentar, à luz dos temas originários da tradição filosófica, debates e discussões relativos a questões contemporâneas, em especial, no encontro de tal tradição com a realidade da floresta Amazônica, do qual a Clareira intenciona ser a expressão.

    O nome da revista surgiu quando dois dos seus editores conversaram sobre as peculiaridades de se fazer filosofia nas proximidades da Floresta Amazônica, na região norte do Brasil. Onde se vive permanente conflito entre as suas raízes fincadas nas profundezas do solo e o desejo de construir um mundo novo e desvendar a sua verdade.

    Assim, dadas às circunstâncias, qual outro nome senão Clareira poderíamos dar a revista?

    O termo Clareira, retirado da filosofia de Martin Heidegger, deriva da palavra alemã Lichtung, cujo significado possível é uma clareira na floresta. Mas cujas raízes em Licht – a palavra alemã para luz - foram reabilitadas por Heidegger e incorporadas no seu pensamento filosófico, onde Lichtung refere-se a um lugar aberto, facultado aos entes para os quais a verdade vem à tona.

    É numa clareira em que a verdade de ser emerge através do conflito entre o que está oculto e o que já foi posto como um todo. A verdade exibida na abertura, não é a verdade de correspondência entre uma afirmação e o objeto ao qual se refere. Em vez disso, é uma noção primordial de verdade: a descoberta de um ente em si mesmo. É uma verdade que enuncia ou permite que o ente seja visto no seu próprio desvelamento. Assim, Heidegger nos explica que

    O enunciado é verdadeiro significa: ele descobre o ente em si mesmo. Ele enuncia, indica, "deixa ver" o ente em seu ser e estar descoberto. O ser-verdadeiro (verdade) do enunciado deve ser entendido no sentido de ser-descobridor. (SZ, 219)

    Para descobrir e afirmar a realidade que se nos apresenta: este é o motivo pelo qual essa revista foi criada.

    A Clareira aceita a submissão de textos na forma de artigos, resenhas ou traduções, independentemente da titulação do autor, pois os mesmos serão avaliados por consultores ad hoc indicados pelos editores da revista, mais detalhes pode ser visto nas Diretrizes para Autores.

    A Clareira está vinculada institucionalmente ao Departamento de Filosofia e ao Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal de Rondônia, mas conta, também, com apoio institucional das seguinte IFES: Universidade Estadual de Roraima, Universidade Federal de Roraima, Universidade Estadual do Amapá, Universidade Federal do Amazonas.
  • EDUCA - Revista Multidisciplinar em Educação

    A Revista EDUCA - Revista Multidisciplinar em Educação é um periódico científico, eletrônico, totalmente gratuito, de acesso aberto, com publicação contínua a partir de 2020, editada pela Universidade Federal de Rondônia (UNIR), por meio da Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa (PROPesq). Recebe submissões de trabalhos inéditos e em fluxo contínuo nos idiomas Português ou Espanhol ou Inglês para a composição de seus volumes anuais, compostos por diversas seções: artigos científicos, dossiês temáticos, artigos opinião, resenhas e outras.

    A EDUCA é desenvolvida como uma ação do Grupo de Pesquisa Multidisciplinar em Educação e Infância (Grupo EDUCA), do Departamento de Ciência da Educação, do Núcleo de Ciências Humanas - Universidade Federal de Rondônia (UNIR), e apóia o Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar - Mestrado e Doutorado Profissional (PPGEEProf) da UNIR na divulgação de pesquisas científicas.

    e-ISSN: 2359-2087  - Qualis 2017/2018: B1

  • Matrizes & Matizes Culturais

    Revista do Mestrado em Letras do Departamento de Línguas Vernáculas da Universidade Federal de Rondônia.

     

  • Presença

    Revista destinada a divulgar ensaios, artigos, entrevistas e resenhas em todas as áreas do conhecimento, coincidentes com as áreas dos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Rondônia, com preferência para Ciências Humanas, que  prioriza os resultados iniciais de pesquisas, dada a importância de seu registro, trabalhos de discussão setorizados como temas de aulas, seminários e palestras, reflexões em torno de obras recém lançadas no mercado editorial e as considerações teóricas em torno de temas vitais e polêmicos da vida universitária. 

     

     

  • RE-UNIR - Revista do Centro de Estudos da Linguagem da Fundação Universidade Federal de Rondônia

    A revista RE-UNIR tem periodicidade anual e publica números atemáticos, das áreas de Estudos Linguísticos e Estudos Literários, além de números especiais e dossiês, quando há interesse editorial. O periódico divulga textos acadêmicos apresentados na forma de artigos originais e inéditos, resultantes de pesquisa individual ou coletiva, resenhas críticas de interesse  das  áreas  de  Letras  e  Linguística  (teórica  e  aplicada)  e  entrevistas  com  pesquisadores, professores e escritores. São aceitos preferencialmente trabalhos de pesquisadores que tenham vínculo com instituições de ensino e pesquisa nacionais ou internacionais. ISSN 2594-4916
  • Primeira Versão

       ISSN 2236 4412

    Revista destinada a divulgar ensaios, artigos, entrevistas e resenhas em todas as áreas do conhecimento, coincidentes com as áreas dos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Rondônia, com preferência para Ciências Humanas, que  prioriza os resultados iniciais de pesquisas, dada a importância de seu registro, trabalhos de discussão setorizados como temas de aulas, seminários e palestras, reflexões em torno de obras recém lançadas no mercado editorial eas considerações teóricas em torno de temas vitais e polêmicos da vida universitária. 


  • REVISTA ELETRÔNICA DE PESQUISA E INOVAÇÃO (REPINT)

    O Objetivo da revista é contribuir na ampliação e divulgação do desenvolvimento das pesquisas científicas em nível local, regional, nacional e internacional da comunidade acadêmica na área da tecnologia, com ênfase nas Engenharias, contribuindo para o desenvolvimento tecnológico do estado de Rondônia e do Brasil. .

    Área de Concentração:
    Destina-se à publicação de artigos científicos inéditos que representem um avanço efetivo ao conhecimento com prioridade nas áreas da engenharia: Engenharia Civil, Engenharia Química, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Biomédica, Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Engenharia de Computação, Engenharia de Software.

    Público Alvo: Comunidade acadêmica regional, nacional e internacional cujas pesquisas se enquadrem em uma das áreas de concentração da pesquisa.

  • REVISTA IURIS NOVARUM

    A REVISTA IURIS NOVARUM é uma revista do “GRUPO DE PESQUISA E ESTUDOS JURÍDICOS” - GPEJUR, vinculado ao Departamento de Direito da Universidade Federal de Rondônia, Campus de Cacoal. Trata-se de um periódico acadêmico de iniciação científica, editada semestralmente. Versa sobre temáticas com pertinência para área jurídica, e, de maneira interdisciplinar, se propõe a promover discussões sobre a realidade da Amazônia e de outras regiões do mundo, envolvendo questões sociais, descolonização, migração e multiculturalismo. O acesso é gratuito e sem versão impressa, destinada a publicação de trabalhos de áreas afins e fronteiriças com aderência jurídica.
  • Revista Amazônica de Ensino de Física

    A Revista Amazônica de Ensino de Física (RAEF) é uma publicação de acesso livre, voltada à divulgação de ensaios, experiências, atividades, pesquisas, relatos no  ensino de Física, de todas as subáreas da área de Física, que tenham gerado novas metodologias e melhorias no processo ensino aprendizagem em todos os níveis de escolarização.

    ISSN ELETRÔNICO: 2764-2461

    https://doi.org/10.5281/zenodo.xxxxxx

  • Revista Labirinto (UNIR)

    Revista do Centro Interdisciplinar de Estudos e Pesquisa do Imaginário Social da Fundação Universidade Federal de Rondônia

    QUALIS/CAPES:

    Em 2019, o periódico obteve da Capes o Qualis A4, na avaliação preliminar para o período de 2017-2020.

  • Revista de Estudos de Literatura, Cultura e Alteridade - Igarapé

    ISSN 2238-7587

    IGARAPÉ (QUALIS B-1) é uma revista do grupo de pesquisa LITERATURA, EDUCAÇAO E CULTURA: CAMINHOS DA ALTERIDADE do Programa do Mestrado Acadêmico em Estudos Literários da Universidade Federal de Rondônia. Sua periodicidade é semestral e constitui-se de matérias científicas, criativas e técnicas sob a forma de artigos e resenhas na área de Ciências Humanas e sociais, que promovam discussões sobre diversidade, multiculturalismo e descolonização tanto da Amazônia, quanto de outras regiões do mundo que foram submetidas ao processo imperialista.

  • Revista Aluá

    Aluá é um periódico científico da Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Rondônia (PROCEA/UNIR), que tem como objetivo tornar públicos as reflexões e os resultados de ações de extensão e de cultura desenvolvidas em âmbito local, regional, nacional e internacional, em rede de atores e instituições sociais.

    O nome da Revista inspira-se no tradicional aluá indígena, uma bebida típica da região Norte, preparada a partir da fermentação de grãos de milho moído, casca de frutas, como o abacaxi, e raiz de gengibre.


    Área do conhecimento: Interdisciplinar; Artes

    Ano de fundação: 2017

    E-mail: alua@unir.br 


  • Revista de Ciência e Tecnologia da Região Norte

    Publicação Periódica Científica do Campus de Ariquemes da Universidade Federal de Rondônia (UNIR).

  • Revista Presença Geográfica

    Revista Presença Geográfica – RPGeo é uma publicação eletrônica, do Programa de Pós-Graduação em Geografia, nível Mestrado e Doutorado, da Universidade Federal de Rondônia - UNIR. Nossa revista é publicada em fluxo contínuo, tendo em sua produção anual dois volumes temáticos e os volume especiais.

    De cunho científico, a revista RPGeo é de acesso livre, publica artigos científicos, experimentos, revisões de literatura ou notas científicas originais, inéditas e de relevância, os quais, podem ser nos idiomas português, inglês, francês e espanhol que contribuam nas questões locais, regionais, nacionais e internacionais, em contextos que abranjam as temáticas de cunho geográfico.

     O objetivo da RPGeo é promover e estimular o debate científico por meio da produção de números especiais temáticos ou dedicados a eventos ou homenagens, publicar resultados de pesquisas acadêmicas, experiências profissionais, práticas de pesquisadores e estudiosos nacionais e internacionais, de modo a criar uma rede de cooperação entre diferentes instituições nacionais e internacionais.

  • REVISTA ELETRÔNICA LÍNGUA VIVA

    A Revista Eletrônica Língua Viva é uma publicação semestral vinculada ao Centro de Pesquisa Linguística da Amazônia - CEPLA, da Fundação Universidade Federal de Rondônia - UNIR e aberta à comunidade acadêmica que se dedica a pesquisa nas áreas da humanidade, cultura e linguagem das comunidades africanas, afro-diaspóricas, indígenas e ribeirinhas da Amazônia, incluindo as áreas de fronteiras. Seu principal propósito é a divulgação da pesquisa, estimular a publicação e o debate acadêmico acerca da ampla temática referente às questões contextualizadas africanas, indígenas e amazônicas.

    A Revista Eletrônica Língua Viva divulga artigos, comunicações, resenhas, teses, dissertações, com periodicidade semestral, estando aberta não só à comunidade acadêmica, mas também a instituições civis que corroborem com a produção do conhecimento, dentro do objetivo da revista, desde que tenham sido previamente apresentados, analisados e aprovados pelos consultores e conselheiros editoriais da mesma..

     

     

  • Revista Gaia

    ISSN  2237- 4035

     

    Revista Científica Gaia do Plano Nacional de Formação de Professores (PARFOR).

     

  • Revista Eletrônica Veredas Amazônicas

    ISSN: 2237- 4043

    A Revista Eletrônica Veredas Amazônicas é uma publicação semestral vinculada ao Centro de Documentação e Estudos Avançados sobre Memória e Patrimônio de Rondônia - CDEAMPRO, vinculada ao Núcleo de Ciências Humanas - NCH, da Fundação Universidade Federal de Rondônia e aberta à comunidade acadêmica que se dedica a pesquisa nas áreas da cultura, religiões populares em Rondônia, patrimônio, memória e identidade social, colonização e imigração na Amazônia.

  • Revista Pesquisa & Criação

    ISSN 1982-7857


    A Revista Pesquisa & Criação, criada em 2002 - com versão eletrônica a partir de 2008, é editada pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa - PROPESQ e objetiva contribuir para o conhecimento científico interdisciplinar reunido nas Grandes Áreas de Conhecimento (Ciências Humanas e Sociais, Ciências Exatas e da Terra, Engenharias e Ciência da Vida e Saúde). A Revista de publicação semestral reúneartigos de pesquisadores e pesquisadoras, propiciando integração em níveis regional, nacional e internacional.

  • Revista de Desenvolvimento e Ambiente Amazônico

    A Revista de Desenvolvimento e Ambiente Amazônico é um periódico científico sob responsabilidade do Programa de Pós- Graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente- PGDRA.

    A Revista publicará Artigos inéditos e Artigos de revisão científica. Esses Artigos são avaliados exclusivamente por no mínimo dois especialistas

    A Revista receberá artigos da comunidade Científica em Português, em Inglês e em Espanhol. 

  • Semana de Ciências e Tecnologia de Ariquemes

    ISSN 2179-7242

    O Campus de Ariquemes da Universidade Federal de Rondônia iniciou em 2010, com periodicidade anual, a realização da Semana de Ciência e Tecnologia de Ariquemes, com palestras, mesas-redondas e exposições de trabalhos orais e em banners. O evento é organizado por uma comissão de professores do Campus e os trabalhos preparados por alunos e professores do curso de Pedagogia e de Engenharia de Alimentos. A Semana também conta com a participação de especialistas e convidados estratégicos da academia e da sociedade para debater temas que perpassam de forma interdisciplinar pelas áreas de Educação, Ciência, Inovação, Tecnologia e Desenvolvimento Sustentável. O evento é aberto à comunidade em geral, conferi certificado aos participantes e os trabalhos são publicados em anais de evento com indexação pelo ISSN.