O conceito de número: repensando a organização do ensino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26568/2359-2087.2019.3538

Palavras-chave:

Recursos Didáticos. Número. Ensino de Matemática. Teoria Histórico-Cultural.

Resumo

Este trabalho tem por objetivo apresentar reflexões sobre os instrumentos didáticos utilizados para o ensino do número no primeiro ano de escolarização, apontando seus limites e elencando possibilidades. Neste sentido, realizamos uma pesquisa de campo que é exposta da seguinte forma: inicialmente discorremos sobre a investigação feita a respeito dos instrumentos e encaminhamentos metodológicos para o ensino do número, esses dados foram obtidos por meio de uma coleta de dados durante o primeiro semestre do ano letivo de 2017 em uma escola da região norte do Paraná. Tendo constatado as práticas escolares, recorremos ao estudo sobre a origem dos números, a partir do qual buscamos compreender a necessidade da criação deste conceito. Por fim, apresentamos alguns elementos do ensino do conceito de número segundo os princípios davydovianos, dentre os quais elegemos a reta numérica como possibilidade didática. Esperamos que este trabalho contribua para pensar a organização do ensino de Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edilson de Araújo dos Santos, Universidade Estadual de Maringá - UEM, Maringá

Tem graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Cursando Mestrado em Educação na Universidade Estadual de Maringá (UEM). Fez parte do PIBID projeto Pedagogia, Foco Matemática. É membro do Grupo de Pesquisa e Ensino "Trabalho Educativo e Escolarização" (OPM/GENTEE-UEM). Tem como área de pesquisa a organização do Ensino de Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Atuou como Educador Infantil na rede municipal de educação de Maringá-PR.

Luciana Figueiredo Lacanallo Arrais, Universidade Estadual de Maringá - UEM, Maringá

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Maringá (1996), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (2005) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (2011). Atualmente é professor adjunto da Universidade Estadual de Maringá. Coordenação da comissão de reestruturação do estágio da Universidade Estadual de Maringá. Participa do Grupo de Pesquisa e Ensino "Trabalho Educativo e Escolarização" (GENTEE-UEM). Coordenadora do PIBID projeto Pedagogia. Coordenadora do Laboratório de Apoio Pedagógico - LAP/UEM. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Avaliação da Aprendizagem, atuando principalmente nos seguintes temas: aprendizagem, conhecimento matemático, atendimento psicopedagógico, educação e ensino de matemática.

Referências

ASBAHR, F. S. F; NASCIMENTO, C. P. Criança não é manga, não amadurece: conceito de maturação na teoria histórico-cultural. Psicol. cienc. prof. [online]. 2013. vol.33, n.2, pp.414-427. ISSN 1414-9893. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98932013000200012>. Acesso em: 1 nov. 2017.

BOGOYAVLENSKY, D. N.; MENCHINSKAYA, N. A. Relação entre aprendizagem e desenvolvimento psicointelectual da criança em idade escolar. In. LEONTIEV, A., VIGOTSKY, L. S., LURIA, A.R. e outros. Psicologia e Pedagogia. São Paulo: Editora Moraes, 2005. p. 63-85.

CARAÇA, B. J. Conceitos Fundamentais da Matemática. Lisboa: Livraria Sá da Costa Editora. 1984.

DAVIDOV, V. V; MÁRKOVA, A. El desarollo del pensamiento en la edad escolar. In: SHUARE, M. La psicologia evolutiva y pedagogica en la URSS: Antologia. Moscou: Editorial Progresso, 1987a. p. 173-193.

DAVÍDOV, V. La enseñanza escolar y el desarrollo psíquico: investigación psicológica teórica y experimental. Moscou: Editorial Progreso, 1988.

DAVYDOV, V. Tipos de generalización en la enseñanza. (3ª ed.) (M. Shuare, Trans.) Habana: Editorial Pueblo y Educación, 1982.

DAVYDOV, V. Análisis de los princípios didácticos de la escuela tradicional y posibles princípios de enseñanza em el futuro próximo. In: SHUARE, M. La Psicologia evolutiva y pedagógica em la URSS: Antologia. Moscou: Progeso, 1987c. p. 143-142.

DAVYDOV, V. Los problemas fundamentales del desarollo del pensamiento en el proceso de enseñanza. In: ILIASOV, I. I.; LIAUDIS, V. Y. Antologia de la psicologia pedagógica y de las edades. Habana: Editorial Pueblo y Educación, 1986. p. 234-238.

DAVYDOV, V. La concepción de la actividad de estudio de los escolares. In: SHUARE, M. La psicologia evolutiva y pedagogica en la URSS: Antologia. Moscou: Editorial Progresso, 1987b. p. 316-337.

DIAS, M. S. Formação da imagem conceitual da reta real: um estudo do desenvolvimento do conceito na perspectiva lógico-histórica. Tese (Doutorado em Educação) 251 f. – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

DIAS, M. S.; MORETTI, V. D. Números e operações: elementos lógico-históricos para atividade de ensino. 1. ed. Curitiba: IBPEX, 2011. v. 1. 188p.

DAMAZIO. A. et al. Significações Geométricas, Algébricas e Aritméticas do Conceito de Número: Uma Possibilidade Didática para as séries iniciais do Ensino Fundamental a Partir da Teoria de Davidov. II Congresso Nacional de Educação Matemática (CNEM) e IX Encontro Regional de Educação Matemática (EREM) 2011. Disponível em: . Acesso em: 1 nov. 2017.

ELKONIN, D. B. Psicologia do jogo. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

ESTUDO PRÁTICO. Conjuntos numéricos. s/d. Disponível em: <https://www.estudopratico.com.br/conjuntos-numericos/> Acesso: 1 nov. 2017.

LACANALLO, Luciana Figueiredo. O jogo no ensino da matemática: contribuições para o desenvolvimento do pensamento teórico. 218 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá, 2011.

LEONTIEV, A. N. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VYGOTSKY, L. S. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone/Edusp, 1988. p. 59-83.

LÉXICO. Dicionário de Português Online. Disponível em: <https://www.lexico.pt/>. Acesso em: 1 nov. 2017.

MATTOS, P. ESTUDO DA RETA NUMÉRICA NA PERSPECTIVA HISTÓRICO-CULTURAL. In: MOURA, M. O; CEDRO, W. L. (Org.). O Currículo e os conteúdos de ensino da Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental. 1ed.Campinas: Pontes Editores, 2016, v. 3, p. 149-180.

MOURA, M. O. O jogo e a construção do conhecimento matemático. Série Idéias n.10, São Paulo: FDE, 1992. p. 45-52.

MOURA, M. O. (Coord). Controle da variação de quantidades – Atividades de ensino. Oficina Pedagógica de Matemática. São Paulo: FEUSP, 1996.

MOURA, M. O. de; ARAÚJO, E. S.; ALARCÃO, I.; TAVARES, J. Formar e formar-se na atividade de ensino de matemática. In: XXIV Reunião Anual da ANPED, Caxambu, 2001.

MOURA, M. O. O jogo na educação matemática. Série Idéias n.7, São Paulo: FDE, 1990. p. 62-67.

MOYA, P. T. Princípios para a organização do ensino dos conceitos matemáticos no primeiro ano do Ensino Fundamental. 167 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá, 2015.

POMMER, W. M. A construção de significados dos números irracionais no ensino básico: uma proposta de abordagem envolvendo os eixos constituintes dos números reais. 2012. Tese (Doutorado em Educação), Universidade de São Paulo, 2012.

ROSA, J. E. Proposições de Davydov para o ensino de matemática no primeiro ano escolar: inter-relações dos sistemas de significações numéricas. 2012. 244 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2012.

ROSA, J. E; CALDEIRA, A. D. DAMAZIO, A. O conceito de número na proposta curricular de matemática do Estado de Santa Catarina: uma análise à luz da abordagem histórico–cultural. REVEMAT – Revista Eletrônica de Educação Matemática. V3.1, p.5-15, UFSC: 2008.

ROSA, J. E; SOARES, M. T. C; DAMAZIO, A. Conceito de número no sistema de ensino Davydov.

ROSA, J. E.; MORAES, S. P. G.; CEDRO, W. L. As particularidades do pensamento Empírico e o Pensamento Teórico na Organização do Ensino. In: (Org.) MOURA. M. O. Atividade pedagógica na teoria histórico-cultural. Brasília: Liber livro, 2010, p. 67-80.

ROSA, J. E.; SOARES, M. T. C; DAMAZIO, A. Conceito de número no sistema de ensino de Davydov. XIII CIAEM-IACME, Recife, Brasil, 2011. Disponível em: http://www.gente.eti.br/lematec/CDS/XIIICIAEM/artigos/1538.pdf Acesso em: 31 Jul 2017.

SANTOS, E. A. A galinha do vizinho bota ovo amarelinho, bota um, bota dois, bota três: ressignificando o número a partir da abordagem davydoviana. (Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Estadual de Maringá). 2017.

VYGOTSKY, L. S. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: VYGOTSKY, L. S.; LURIA, A. R.; LEONTIEV, A. N. (Org.). Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 1998. p. 103-117.

Downloads

Publicado

13/09/2019

Como Citar

SANTOS, E. de A. dos; LACANALLO ARRAIS, L. F. O conceito de número: repensando a organização do ensino. EDUCA - Revista Multidisciplinar em Educação, [S. l.], v. 6, n. 15, p. 191–207, 2019. DOI: 10.26568/2359-2087.2019.3538. Disponível em: https://periodicos.unir.br/index.php/EDUCA/article/view/3538. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos Científicos