ITINERÁRIOS DE UM GESTOR PENITENCIÁRIO: AS VIAGENS DE VICTÓRIO CANEPPA (1952)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26568/2359-2087.2023.7381

Palavras-chave:

Victório Caneppa, Viagens, Sistema Penitenciário

Resumo

Utilizando como fontes de pesquisa a revista A Estrêla: Orgão da Penitenciária Central do Distrito Federal, a Crônica da organização e desenvolvimento e o Livro de Resumos do I Congresso Penal e Penitenciário Hispano-Luso-Americano e Filipino (Madrid,1952), o objetivo do presente trabalho é trazer à tona as viagens que Victório Caneppa realizou na oportunidade do Congresso, para Espanha e Portugal, assim como refletir sobre sua participação no referido evento. Caneppa era diretor da Penitenciária Central do Distrito Federal, editor da revista A Estrêla e viajou para conhecer estabelecimentos penais em diversos países. Diante do exposto, o presente artigo busca, por meio de análise documental, trazer as discussões que envolviam o sistema penitenciário, em diversos países, no período aqui estudo. Os destinos desse sujeito revelaram a busca pela conquista de um espaço como interlocutor privilegiado e formulador de políticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daiane de Oliveira Tavares, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Pedagoga, mestre e doutora em Educação. Atualmente é professora temporária da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, na cidade de Assú- RN e pós-doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro- RJ, Brasil

Referências

ALBUQUERQUE-GARCIA, Luis. El ‘Relato de viajes’: hitos y formas em la enolución del género. Revista de Literatura, 2011, enero-junio, vol. LXXIII, n.o 145, págs. 15-34.

AMORIM, Sara Raphaela M. de. Viagem como missão: intercâmbio pedagógico do educador Nestor dos Santos Lima (1913-1923). 2017. 198f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2017.

CARRARA, Sérgio; FRY, Peter. As vicissitudes do liberalismo no direito penal brasileiro. Revista Brasileira de Ciências Sociais, n.2, p.48-54, 1986.

CARVALHO, Marta Chagas de. A bordo do navio, lendo notícias do Brasil. In: MIGNOT, Ana Chrystina Venancio; GONDRA, José Gonçalves. Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007.

CHAMON, Carla Simone; FARIA FILHO, Luciano Mendes de. A educação como problema, a América como destino: a experiência de Maria Guilhermina. In: MIGNOT, Ana Chrystina Venancio; GONDRA, José Gonçalves. Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007, p. 39-64.

CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel, 2002.

FERNANDES, Ana Lúcia Cunha. O impresso e a circulação de saberes pedagógicos: apontamentos sobre a imprensa pedagógica na história da educação. In: IMPRESSOS e História da Educação: usos e destinos. Rio de Janeiro: 7letras, 2008.

GONDRA, José Gonçalves. Exercício de comparação: uma normalista da Corte na Europa. In: MIGNOT, Ana C.; GONDRA, José G. (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007, p. 65-89.

OLMO, Rosa del. A América Latina e sua criminologia. Rio de Janeiro: Revan: ICC, 2004.

SCHUELER, Alessandra. A longa peregrinação de um professor da roça na Europa. In: MIGNOT, Ana Chrystina V.; GONDRA, José (Orgs.). Viagens pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007, pp.90-113.

VIÑAO FRAGO, Antonio. Viajes que educan. In: MIGNOT, Ana Chrystina; GONDRA, José G. (Orgs) Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007. pp. 15-38.

Downloads

Publicado

30/12/2023

Como Citar

TAVARES, D. de O. ITINERÁRIOS DE UM GESTOR PENITENCIÁRIO: AS VIAGENS DE VICTÓRIO CANEPPA (1952). EDUCA - Revista Multidisciplinar em Educação, [S. l.], v. 10, p. 1–19, 2023. DOI: 10.26568/2359-2087.2023.7381. Disponível em: https://periodicos.unir.br/index.php/EDUCA/article/view/7381. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático